segunda-feira, 28 de julho de 2008

Ingrata Mente Adolescente - 1

Nada é tão simples e tão complicado quanto ser um mero adolescente. Não temos muitas preocupações, muitas responsabilidades mas mesmo assim as poucas que temos são as maiores do mundo.
Alguns diriam que isso acontece porque um adolescente é ainda imaturo pra lidar com problemas mas eu discordo. A questão não é a maturidade da pessoa e sim como ela analisa o problema.
Uma coisa que eu sempre gostei em crianças é que tudo é muito, muito simples. 'Por que o N nunca vem antes do B?' 'Porque eles brigaram." As respostas para os problemas das crianças são sempre simples, fáceis de entender e elas nunca precisam pensar muito antes de responder. Se elas lidam tão facilmente com problemas tão novos podemos eliminar a questão 'maturidade'. Mas não pense você que estou dizendo que é para sair lidando com problemas como uma criança de 5 anos, até porque em casos mais sérios a criança simplesmente chora. O que estou tentando dizer é que uma criança nunca aumenta nada, ela é objetiva, enquanto o adolescente (ou até o adulto) vai aumentar qualquer problema, fazer um drama onde não existe e por isso não encontra soluções eficientes.
Sejam pais que se separam, problemas com o namorado, brigas com amigos, qualquer dessas opções ou outras o adolescente acha que é o fim do mundo, quando na grande maioria das vezes tudo poderia ser resolvido em uma conversa.
Também não estou aqui para menosprezar o problema alheio, não seria capaz de fazer isso, muito menos estou aqui com aquela antiga conversa de "existem problemas maiores no mundo" (até porque sei que ninguém gosta de ouvir isso em caso algum), só estou aqui para falar que quanto mais você e sua ingrata mente de adolescente aumentam um problema inicialmente pequeno, mais dificil fica resolver.
Tente usar seus olhos de criança de vez em quando. É tudo tão mais simples com eles.


M. dá conselhos que geralmente são bons, mas nunca consegue seguí-los em sua vida. Na verdade é apenas mais uma Drama Queen.

2 comentários:

bigM disse...

que bonitinho *-*
adorei esse post, midm. séerio. Quer dizer tanta coisa ao mesmo tempo. Mas eu tenho uma teoria para o porquê dos problemas entrarem nessa proporçao absurda: nós nao temos uma grande percepcao de mundo. Não mesmo. Vivemos nesse nosso mundinho de escola, festa, vestibular e familia, e os valores vao perdendo a coerencia. Por isso que é tão bom assistir um daqueles filmes de comédia romantica, em que o casal fica junto no final e vivem felizes pra sempre, quando a gente ta mal. Para dar uma razao, um significado, pra ver que existe algo alem de uma nota ruim ou algo assim. Para mim, o melhor remédio pra depressao pós basicamente qualquer coisa é haagen dazs com Farenheit 9/11. Acredite ou nao, é infalivel. obrigada pelo post midm, me fez sentir um pouco menos imbecil por ter essa mente adolescente.

bigM disse...

Cadê a continuacao desse Post?? Sério, eu achava que voce ia escrever I, II, III, IV... =] Acho que a falta de perspectiva é uma coisa realmente cruel, midm. E encontrei outro filme que faz bem para melhorá-la: Titanic. Porque voce nunca vai sofrer tanto quanto a Rose... *-* ok, desculpa, febre do Titanic atrasada. Er... Eu escolherei este Post para mostrar segunda que vem ta? Gosto muito dele. Enfim, xoxo, bigm