sábado, 11 de outubro de 2008

Improviso

Não sei se sou a única louca mas vou adimitir que sempre fico planejando e imaginando o que pode acontecer no futuro. Se conheço alguem novo fico imaginando como, no futuro, podemos ser grandes amigos ou até grandes inimigos. Imagino momentos e conversas que poderiam acontecer. Imagino tudo, quase planejo momentos. Quando vou a algum lugar diferente é a mesma coisa, me organizo para certos momentos.
A questão mesmo não é a minha loucura de planejar tudo, e sim de saber que, muito provavelmente, o que eu planejei não vai acontecer. E eu sei disso bem por experiências prévias. Mas isso me detêm? De jeito nenhum!
Por que, então, eu faço planos que não vão ser cumpridos? Já cheguei honestamente a acreditar que sou louca mas como dizem que loucos nunca acham que estão loucos eu descartei a possibilidade.
Veja bem, já cheguei (várias vezes) ao ponto de planejar como ia contar um acontecimento totalmente banal para um amigo no msn antes mesmo de entrar no msn. Pra que? A minha única solução é que sou louca..
O interessante é que já me foi comprovado que sem planos e sem expectativas a experiência fica muito melhor. Tinha (certo, ainda tenho) uma mania horrível de quando conheço alguem penso "olha, ele(a) daria um(a) ótimo(a) melhor amigo(a).." e ficar imaginando e se a pessoa realmente se tornasse meu melhor amigo. Agora, com meu melhor amigo de verdade eu, em nenhum momento, antecipei as coisas, nunca pensei 'ele seria ótimo amigo' ou fiquei pensando em momentos, nunca esperei sermos grandes amigos e cheguei a conclusão que é exatamente por isso que ele virou o melhor. Não, eu sei que foi por isso.
Irônico, eu sei. Mas a verdade é essa.

5 comentários:

bigM disse...

Voce não é a única MESMO. Sério. Eu faço isso o tempo todo. O planejar sabendo que não vai acontecer – ou pelo menos não do jeito previsto. As vezes eu faço isso até com coisas mesmo, tipo roupa, sapato, bolsa. Fico pensando em como usaria e o que faria com eles (culpa da minha mae, que sempre pergunta), daí eu não compro e tempos, pensando rapidamente sobre o assunto, eu ACREDITO que tinha comprado. As vezes é meio decepcionante. Sei lá. Bizarro. Acho que eu tenho algum distúrbio.

Cahh disse...

é voce realmente não é a unica...eu sou exatamente igual...e juro que tento me obrigar a não planejar,mais talvez esse seja nosso instinsto...quando vemos,quando temos a chance,estamos fazendo exatamente o q não desejamos.E por mais que tentemos mudar,a gente sabe que no final,continuaremos iguais ou até piores.O negócio é tentar deixar "a vida levar",por mais louco q isso pareça ser.

Anônimo disse...

Voce realmente está dentro do padrao

By DH

>Lia disse...

é verdade, quase todos fazem isso. é uma tentativa de racionalizar o futuro, e exitem vários estudos psicológicos para estudar isso. aparentemente, começa por volta dos doze anos (quando o cérebro começa a mudar), embora algumas crianças não tenham, e passa com o tempo (ou não), junto com aquela mania TÓCquica de manter uma rotina de movimentos repetitivos/padronizados para comer, entrar no banho, essas coisas.
agora, essa coisa de imaginar as pessoas virando suas amigas é coisa sua, M. alguma coisa com carência afetiva, provalvelmente. eu tenho algo similar, embora diametralmente oposto ;)

>Lia disse...

oh, and i recommend some research before posting stuff. yes yes, one of my days to be mean. we're gonna be away from each other for a couple of months anyway, you might as well suffer now.