segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Belief

Devo adimitir que sou cética, em relação a muita coisa, mas não a tudo. Tenho, em especial, aquela esperança de que algum dia o mundo vai mudar, vai realmente ser um lugar melhor. Mais do que isso, eu tenho aquela esperança de todos os jovens tolos do mundo de quem vai mudar esse mundo sou eu, nós, juntos, os jovens, a próxima geração.
Verdade que eu também acredito em E.T.'s (não me leve a mal, não são aqueles a lá Spielberg, não) mas eu acredito no mundo melhor. Honestamente, se não acreditasse nisso, pra que eu iria viver? Seria apenas disperdicio de tempo, oxigênio e muito chocolate. Não, meu objetivo, por mais que não muito específico, é fruto da minha crença de que o mundo tem esperança. Todos tem.
Mas será mesmo que vou/vamos conseguir? Muitos tentaram, alguns conseguiram, outros falharam. Será que não estou apenas lutando por algo impossível?
Eu certamente espero que não.


"We're never gonna win the world
We're never gonna stop the war
We're never gonna beat this if belief
Is what we're fightin' for"

Ele sempre me impressiona:
http://www.youtube.com/watch?v=WEgUUTkqRRQ&feature=related

Um comentário:

bigM disse...

mid-m - just so you say i havent commented here, even though i've read it. I think it is a commom belief that the world does have a chance to get better. That we can, indeed, have an impact.
Eu acho que mundo pode ser dividido entre os niilistas, os indiferentes, e os preocupados. Os niilistas sendo aqueles que acham que nós somos simplesmente animais racionais; os indiferentes, indiferentes; e os preocupados, divididos em outras duas: os do-ers e os nao-do-ers. (Roubei do Grey's Anatomy). Enfim, aqueles que querem melhorar o decrépito mundo e o fariam, caso soubessem com clareza o que fazer - e aqueles que agem, que tentam, que ousam.
Voce quer fazer parte de qual categoria?
I shall back you up in case you need help in the revolution, mid-m.